7.10.08

Inquietações de uma rainha do lar

... diante do espelho, percebi e senti intensamente o descaso que dedico a mim. percebi camadas sutis dessa armadilha que me coloquei e ainda me prendo....

texto disponível no livro:

DEDOS NÃO BROCHAM, ED DRACO: Livraria Cultura

5 comentários:

  1. você escreve bem e seus posts, sei lá, me fizeram criar uma conta aqui só para poder comentar...
    tuas palavras, ainda que pegas de outro lugar, além da tua imaginação, me fizeram ler até o fim... nem sei muito o que comentar, foi mais para elogiar eu acho

    ResponderExcluir
  2. Esse homem realmente existe?

    Se existe, lembre-se de uma coisa: muitas vezes abandonamos algo que não nos satisfás agora, porém, mais tarde, corremos o risco de olhar para traz e lamentar: "eu era feliz e não sabia..."

    Pense nisso! A felicidade, na maioria das vezes, não nasce pronta. É preciso saber cultivá-la.

    ResponderExcluir
  3. Adorei este e me identifiquei, vai ver pq ja passei por isso...mais enfim me libertei...Este texto foi o melhor...

    Este eu entendi...

    Bjos

    Mari

    ResponderExcluir
  4. Alê (Anna S. ?), você fez minha biografia nesse texto, é? Me vi nele.
    Adorei o seu blog e escrever, como a gente comentou lá no curso do Sesc é, certamente, exercício constante!
    Um beijo e parabéns!
    Amei!

    ResponderExcluir

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us