30.8.10

Querida Sara,



Agradeço sua umidade nessa tarde ardida tão seca. Sobre a recusa das flores, preciso esclarecer que não aprecio esse roubo da natureza...


livro DEDOS NÃO BROCHAM, ED DRACO.


AQUI! NA LIVRARIA CULTURA.
Ale Safra

15.8.10

urgente

na sua língua eu
vontade minha você toda
sonhos já tarde para


nuas e sem melindres
nessas peles suadas fartamos
delícias em tarde pagã


sem religiosidade tão famintas
corpos limites nos ditam
porta pra fora ilusão


cama sadiana esses animais
sua boca suor meu
peles a queimar mulheres


livres?



9.8.10

papel blasé


solas dos pés na sua língua, impossível pensar nas palavras quando você lambe entre meus dedos sujos. lá no canto uma porta abre e no quarto a cama alinhada fica.

livro DEDOS NÃO BROCHAM, ED DRACO

AQUI! NA LIVRARIA CULTURA.

para m.g.

isso é um assalto

você me pergunta onde as cores estão? eu não sei. há tempos tudo é assim tão bege. não questione tanto e come logo esse arroz com feijão de todo dia. tantas perguntas assim só podem azedar a razão. melhor você ver tv e se distrair. escolha uma das tantas drogas disponíveis e nem pense abrir aqueles livros. o quê? estudar? assim você me mata de desgosto. vai querer saber tanto assim pra quê? em tudo há esquema meu bem, e você está fora de todos eles. você não pertence a nenhuma "panelinha". mas pode pertencer, aceite brincar de boa-moça-cristã-ecológica-e-socialmente-correta. seria "aceita" nas tais rodas a que aspira. beije umas e outras mãos. para de votar na esquerda! comece a frequentar a igreja. você é revoltada demais, criança. assim vão te rotular de louca entre outras falações. você não gosta de bege! não gosta de arroz com feijão todos os dias! não gosta da programação da tv e nada de que todo mundo gosta! e por qual razão? não entendo como pode viver assim não achando graça nesse descontentamento. é apropriado que se cale e lustre esses tantos sacos que podem facilitar sua vida medíocre. eu acho graça nas panelinhas-sociais, sabia? também nas palestras repetidas, nos discursos acadêmicos, na política nacional. mas isso é por que aprendi a ser mansa e essas drogas todas me deixam  numa boa.
mesmo? de novo não vai comer arroz com feijão? tá tão bom. eu nunca vou entender você.

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us