15.11.10

casual

sem romantismo de 1,99
nem ladainhas burguesas
num delírio plástico, flores e altar.
despidos de pai-mãe credo,
anuência de corpos sequiosos
perversão libertária no sexo
luta pela água salgada
sem perspectivas
sem sonhos  consumistas
voos livres eu&você
_ agora?
_  já.

4 comentários:

  1. Nada como os primeiros minutos do dia...

    ResponderExcluir
  2. "...anuência de corpos sequiosos
    perversão libertária no sexo..." É a libido transformada em imagem num texto literário.

    ResponderExcluir
  3. Ah que delicia o abandono das imagens que o texto criou

    ResponderExcluir

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us