12.1.11

coisas daqui

_ essa conversa manca entre mim e o penhasco recorrente\ Cair pode ser bom \ Voltar pra casa pode ser passos pra frente \  teus braços prisão e desejo \ as vezes o penhasco devolve minhas questões com outras e fico no-va-men-te entre dois caminhos\ aliás tudo em mim: dois\ não sustento minha vida/sonhava com uma casinha de teto vermelho, bolo sendo assado para o café da tarde e o céu cheirando verdades confortáveis sobre tudo: engano/ meu chão movediço nessa beira criou em mim asas\ não sei oferecer amor\deixei de sonhar quando cheguei aos 16 anos na rodoviária do Tietê\ retirante de mim mesma\ retira asco pra soltar o corpo e descobrir onde pode levar essa vontade que não tem lugar\ não sei de mim aqui nem ali\ não sei de nós \ e é do silêncio que sinto saudade\ da ausência dos ditadores: todos eles\ sufoca saber dos outros caminhos que sem coragem não vou seguir

6 comentários:

  1. Bom...

    Vc reparou que mudou de gênero? =)

    Chris Sevla

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante esta parte'deixei de sonhar quando cheguei aos 16 anos na rodoviária do Tietê'...Pra mim explana quase como que;bom,a partir de agora vai ter que ser assim...Ou enquanto existe aquela malha familiar pra dar cabimento de proteção,você ainda é forte...

    ResponderExcluir
  3. Concordo,dá medo desmamar. Ainda mais quando se é jovem e "o céu cheira verdades". Forte isso, gata.

    ResponderExcluir
  4. Eu conheço essa foto!!
    Fazia tempo qu eu não vinha aqui, mas voltarei mais vezes, há muito o que se ver por aqui...

    ResponderExcluir
  5. Gata, é sua?
    não lembrava de qual amigo havia surrupiado.
    adoro essa foto.
    como é mesmo o nome do gatinho?
    saudades.
    quando receberei sua felinesca visita?
    beijos

    ResponderExcluir

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us