30.1.11

eu, meu amigo Will e um pote de sorvete



_  Will, pensa que crianças de barriga de aluguel serão mais felizes que nós, filhos de casais ordinários?
_  Fala de filhos como do Michael Jackson, Rick Martin, Nicole Kidman? Coisa do tipo "nasci por que meus pais alugaram uma barriga"?
_  É, vale como exemplo. Mas estou confusa se é isso mesmo. Também penso que essa busca pela felicidade familiar é obscena. Ninguém se completa tendo um filho. Também não é verdade que um filho deva sentir amor eterno pelos pais. Não sei, existe algo muito pernicioso sentado na sala de estar.
_  Pagaram por nós também, querida. Apenas moedas diferentes. E penso que essas crianças serão cobradas tanto quanto nós, a segurança da previdência dos pais. Há pernisiosidade no tempero das refeições, no vinco dos lençois, no limo do banheiro. No cesto das roupas sujas.
_ Então nada de revolução familiar?
_ Nada ainda! Toma sorvete, guria. O calor "familiar".

risos

3 comentários:

  1. desde Adão e Eva nada mudou.Aliás existe melhor metáfora do que seja uma familia que a história de Adão e Eva? É na família que vammos do paraíso ao infreno em polcos minutos

    ResponderExcluir
  2. você jogou muito bem o ponto de vista. parabens pelo texto.
    um abraço

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com o will!! Sofrerão a mesma cobrança, a mesma expectativa e viverão como pessoas normais!!

    Ale, depois dá uma passadinha lá no armário, tenho um presentinho pra voce!!
    beijinhos

    ResponderExcluir

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us