15.2.11

sobre faróis apagados

                            
                            caminhos largos
                                        estreitos
                                        caminho
                      no leito do teu peito
                                      amodorro
                 e tento a falta esquecer
                 do panfletário discurso
                          e amenizar ainda
                                          aquela
                                             sede

7 comentários:

  1. nada melhor que um aconchego neah?
    mas, e a mãe que faz seu filho dormir com fome quem irá aconchegar...

    Bjuuus

    ResponderExcluir
  2. Há caminhos feitos para nos escondermos de outros.

    Belo poema!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. A passos largos avanço
    por teu estreito caminho
    fio por fio, o desafio
    me perder em sua mata
    com minha fome morta e
    não esquecer a realidade

    ResponderExcluir
  4. lindo, adorei, já indiquei no twitter.

    ResponderExcluir
  5. pra onde haja sol
    é pra lá que eu vou

    ResponderExcluir

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us