1.6.11

das madrugadas frias


assustada no escuro. sozinha. 
suei em madrugada fria.
o medo gritou alto. a luz minguou.
procurei o ar e não veio.
quis socorro e não sei o seu telefone.
flechei para o corredor do prédio.
um hematoma agora contemplo.
a claridade zomba de mim.
o pavor respira longe .
hoje, aquele criado mudo joguei fora.
nunca mais vai me machucar.

4 comentários:

  1. Vi claramente as imagens e senti cada momento... Lindas palavras as suas novamente... Sempre bom passar aqui sentir isso... Essa intensidade...

    ResponderExcluir
  2. Tio Parreira tá meio cegão! Tem dó d'eu...

    ResponderExcluir
  3. Bem melhor! Não tinha visto a pontuação e por isso perdi o ritmo. "flechei para o corredor do prédio" é ótimo, mas o pavor respira dentro!

    ResponderExcluir
  4. arquiteto


    (ag)ora
    o cenário do céu
    sem céu e que – as estrelas sabem –
    o crepúsculo urra no tédio

    eu – arquiteto de cárceres
    da memória do cinzazul
    desnudo

    do que fui além distante

    uma e outra
    palavra
    se es-
    vazia
    no grito dos olhos
    já fúnebres a urdir a poesia

    minha voz
    já amarga (n)os tentáculos
    do tempo e as pedras
    que me consomem

    este poeta
    de ecos desva
    irados
    (ex)pira e (ex)trai
    (d)as rochas duras
    (d)o seu caminho
    polindo as unhas

    ah ! há rugas no papel
    entretecido
    onde a poesia
    a sorver labirintos de granito
    explora todo sibilar do seu enigma

    a pedra se faz poema
    e verte poesia
    do próprio ventre
    bruta não
    quase-paraíso

    mas fragmentos
    sobre a língua
    vestida de fantasmas
    e viagens
    como um gueto âmbar
    sem saída

    eu – arquiteto de cárceres
    da memória do cinzazul
    desnudo

    do que fui além distante

    ResponderExcluir

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us