19.11.15

estrelas caladas

imagem evgen bavcar

se há tarde 
quando quente
no dente de leão salta
o mar vira consenso
entre os seios dela
terra desgarrada gota
universo oceano e nada
onde toda pergunta nasce morta
do pó das esfinges fuzilantes
nenhum clarão rompe
e nego. o naco. a morte
um sopro semente
o dente
seus olhos,
sua pele rede
o vazio das esferas
a inflexibilidade das virilhas
o mar e o multiverso
sem respostas só deserto
vivem de mim
desta experiência não autorizada
de mim
que me faz areia
e o leão mostra os dentes
e ignora pergunta natimorta
por fim, nada mais interessa




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us