27.7.17

sua

sempre me fiz nua
cada alça caída na cama insone
na madrugada ardida
suada e triste
era por você
me fiz verdade em letra suja
sem saber decorar cartinhas
perfumar intenções como você queria
fui teu brinquedo, não fui,
Perverso
um amor encurralado no deserto da pele azul
onde perdi minha última dose de amor
e morri
fomos o pior de nós
Ale Safra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

visitas não brocham

Arquivo do blog

DEDOS NÃO BROCHAM

A. SAFRA

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Tá dito no não dito. Contatos: e-mail: dedosnaobrocham @gmail.com twitter: @dedosnaobrocham facebook: Ale Safra

whos.amung.us